DP World adquire 100% da participação na Embraport no Brasil

A DP World anuncia nesta segunda-feira, dia 4 de dezembro, que adquiriu a parte adicional de 66,67% da Empresa Brasileira de Terminais Portuários (Embraport) no Brasil, que pertencia a Odebrecht Transport (OTP).

Esta transação aumenta a participação acionária da DP World para 100%, e fará com que o terminal passe por um processo de troca de marca, transformando-se em DP World Santos.

A contrapartida da compra é inferior a 5% do valor patrimonial líquido da DP World a partir de 1 semestre 2017, e de maneira pró-forma, a alavancagem líquida seria de 2.8x de Dívida Líquida em EBITDA com essa transação, em comparação com o 2,6x relatado.

A transação já foi aprovada pelo Conselho de Administração da Odebrecht TransPort e pelo Cade – Conselho Administrativo de Defesa Econômica. Os recursos serão utilizados para reforçar a estrutura de capital da empresa.

A Embraport é um dos maiores terminais portuários privados multimodais do Brasil, e opera no Porto de Santos, que é o porto de contêineres mais movimentado da América Latina, responsável pela movimentação de 3.4 m TEUs em 2016, e com acesso estratégico pelo mar, estradas e ferrovia, destina 90% das cargas para São Paulo, que é a cidade mais populosa do Brasil. A Embraport tem capacidade anual de movimentação de 1.2 milhões de TEUs (equivalente a uma unidade de vinte pés) e a primeira fase do projeto conta com 653 metros de cais e 207.000 metros quadrados de área para armazenagem de carga.

Juliana Baiardi, presidente da Odebrecht TransPort:  “Posicionamos a Embraport como referência em terminal de contêineres, com uma estrutura moderna e uma operação eficiente e segura. Temos muito orgulho de ter feito parte da implantação deste projeto inovador que contribui para aumentar a competitividade logística do país”, ressalta

A venda pela Odebrecht TransPort integra o plano estratégico de reestruturação da empresa que segue reavaliando a sua permanência parcial, ou não, em ativos.

Sultão Ahmed Bin Sulayem, Diretor Presidente da DP World: “Estamos orgulhosos por nos consolidarmos ainda mais na Embraport e fortalecermos o nosso compromisso com o Porto de Santos e o futuro do comércio no Brasil. A DP World se tornou um dos principais players no setor de infraestrutura da América Latina, com uma rede de terminais de contêineres no Peru, República Dominicana, Argentina, Equador e Suriname, e nós nos mantivemos comprometidos com o nosso papel como facilitador do comércio global, visando uma estratégia mais ampla para desenvolver setores complementares na cadeia de suprimentos global”.