Movimento ferroviário da Embraport cresce e supera 2 mil TEUs por mês

A Embraport atingiu no último mês de setembro sua maior movimentação ferroviária desde o início das atividades do pátio, em abril.

A empresa fechou o mês com 2.176 TEUs movimentados, um salto de 37% em relação ao mês de agosto, totalizando 36 trens e cerca de 235 contêineres semanais entre cargas de importação e exportação. Este volume representa cerca de 4% das cargas movimentadas atualmente pelo terminal.

O volume acumulado dos sete primeiros meses é de mais de 8.444 TEUs. Neste período, foram atendidos aproximadamente 142 trens com uma média de tempo de operação de duas horas, umas das melhores do Porto de Santos para este tipo de atividade.

Os números crescentes da ferrovia refletem os recentes investimentos feitos pela empresa no sentido de integrar modais alternativos.

Fábio Siccherino, Diretor de Novos Negócios da Embraport, explica que a utilização da ferrovia permite a movimentação de cargas a um custo competitivo e com índices de avaria e roubo inferiores aos apresentados pelo modal rodoviário, além de representar uma redução na emissão de gases poluentes na atmosfera.

“Outra importante vantagem é que a utilização do trem combinado com outros modais como a cabotagem, por exemplo, tem proporcionado uma significativa redução nos custos logísticos de nossos clientes”, finaliza.