Operações ferroviárias da Embraport somam mais de 3.400 TEUs em quatro meses

A Embraport apostou na ferrovia como uma nova alternativa para escoamento de cargas e os resultados comprovam que a iniciativa tem dado certo.

A empresa fechou o mês de junho com 1.800 TEUs movimentados, o que totaliza seis trens e cerca de 180 contêineres semanais entre cargas de importação e exportação. Este volume representa cerca de 4% das cargas movimentadas pelo terminal.

O volume acumulado dos quatro primeiros meses é de mais de 3.400 TEUs. Neste período, foram atendidos aproximadamente 50 trens com uma média de tempo de operação de duas horas, umas das melhores do Porto de Santos para este tipo de atividade.

Para se ter uma idéia da evolução do volume ferroviário, em março, no primeiro mês do novo modal de transporte, a movimentação foi de 42 TEUs, saltando para 516 TEUs em abril, 1.072 TEUs em maio e fechando junho com o volume de 1.800 TEUs, o que representa um aumento de 67% no volume em relação ao mês anterior.

Ernst Schulze, Presidente da Embraport destaca o início promissor da ferrovia no terminal e acredita que os volumes deverão crescer ainda mais nos próximos meses. “Já estamos garantindo mais velocidade no carregamento e no descarregamento de contêineres e a nossa meta é atingir 7% de volume até o final deste ano”, finaliza.